Fotos: Marco Krichanã

Por Marco Krichanã

A partir de um convênio de cooperação técnica e financeira celebrado com a ACITA-Associação das Comunidades dos Índios Tapeba de Caucaia, o Governo do Estado do Ceará, através da SEINFRA-Secretaria da Infraestrutura, deu início à construção de 27 residências indígenas na Aldeia Sobradinho.

Localizada à margem da BR-020, a Aldeia  Sobradinho foi surpreendida na manhã do dia 24 de junho do ano passado por uma ordem judicial do juiz José Coutinho Tomaz Filho, da 3.ª Vara Cível do Fórum de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), que demandava a imediata saída dos Tapeba daquela área. 

Como resultado, naquela ocasião 10 casas de moradores indígenas foram demolidas por um trator, em uma ação rápida que contou, inclusive, com apoio de um efetivo da Polícia Militar. Os pertences dos Tapeba ficaram ao relento, sob uma chuva fina.

Desesperados e revoltados, cerca de 200 índios interditaram um trecho da BR-222 com pedras, troncos de árvore e um trator, criando uma barreira que impedia a passagem dos carros.

A intenção foi chamar a atenção da opinião pública e autoridades para a situação em que ficaram os habitantes da Aldeia Sobradinho, cobrando ainda rapidez na demarcação daquelas terras, margeadas pelas duas BRs –  e que, apesar do conflito criado pela ordem judicial, já haviam sido identificadas e delimitadas pela FUNAI.

Hoje, a situação é outra e as casas, que deverão estar todas prontas num prazo de seis meses, estão sendo erguidas em regime de mutirão com a participação dos próprios indígenas.

No total serão construídas 27 casas, num prazo de seis meses

Conforme esclareceu o coordenador Regional da FUNAI-Fundação Nacional do Índio, Paulo Barbosa, a Justiça Federal reverteu a decisão do Fórum de Caucaia – o juiz ignorava tratar-se de terras demandadas pela União, em estágio de demarcação pela FUNAI – e o Governo do Estado, que está trabalhando na ampliação do Anel Viário nas cercanias da Terra Indígena Tapeba, adotou uma postura colaborativa.

Desta forma, a SEINFRA comprometeu-se junto à ACITA a repassar os recursos necessários para a aquisição de todo o material de construção, disponibilizando ainda um engenheiro, incumbido de acompanhar e fiscalizar a qualidade das obras.

Fonte: FUNAI/CE

[important]Siga Índios no Nordeste no Twitter e curta nossa página no Facebook.[/important]

1 Comentário em “Povo Tapeba (CE): acordo com governo vem reparar injustiça cometida contra Aldeia Sobradinho

  1. Retirem as nossas vidas mas nunca os nossos sonhos…

    Marlua Quixelô

Comentários encerrados.