Compartilhamos com vocês um importante estudo do pesquisador e amigo Ricardo Verdum (INESC), resultado “de um levantamento e da análise de dados e informações das obras de infraestrutura contidas no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), buscando mapear as que impactam ou impactarão os povos e as comunidades indígenas e os seus territórios reconhecidos formalmente pelo Estado nacional na Amazônia brasileira.” O documento, concluído em setembro de 2012, enfatiza que várias obras do PAC “provocarão transformações nos modos de vida e nos territórios onde vivem grupos étnicos que se reconhecem e que são reconhecidos – pela população não indígena no seu entorno e pelo Estado brasileiro – como sendo descendente de povos e sociedades que vivem no hoje ‘território nacional brasileiro’, desde o início da colonização e do colonialismo europeu no ‘novo mundo’, no início do século XVI.”

Faça o download do documento AQUI.